sábado, 21 de abril de 2012

A misericórdia divina e a religiosidade humana.




Ter uma religião e participar de rituais diários ou semanais, não faz de ninguém um ser humano melhor, ou um ser espiritual.
Pois a ação de Deus na vida de alguém, não esta presa a templos, ou praticas religiosas, mas sim a um coração contrito, que deseja ser transformado.

"Os sacrifícios para Deus são o espírito quebrantado; a um coração quebrantado e contrito não desprezarás, ó Deus. Salmos 51:17"

Portanto todo ser humano que deseja uma transformação de caráter e reconhece a sua condição humana, pode alcançar as mãos de seu criador, e sentir a sua misericórdia, mesmo sem pertencer a uma instituição religiosa.
Devemos nos lembrar de que o amor de Deus vai alem de nossa compreensão, e, portanto Ele ama a todos e jamais desprezaria alguém por não se enquadrar nas praticas de uma instituição.

"Perto está o SENHOR dos que têm o coração quebrantado, e salva os contritos de espírito. Salmos 34:18"

Sejamos mais verdadeiros e menos preconceituosos na nossa forma de ver o mundo e de entender as outras pessoas.
Pois todos, dependemos da misericórdia infinita de Deus, e não apenas aqueles que têm um pensamento religioso diferente do nosso, ou aqueles que não possuem crença alguma.


Eduardo e. da silva.

Nenhum comentário:

Postar um comentário