sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

A minha atitude é correta?













Vivemos em uma sociedade que a cada dia tem se afastado das escrituras sagradas, e não estou dizendo daqueles que não tem conhecimento a respeito de quem é Jesus, mas sim daqueles que confessam Cristo como seu Senhor e Salvador.

Infelizmente vemos hoje em dia uma igreja que padece profundamente de uma doença mortal chamada Falta de conhecimento bíblico. Uma igreja totalmente enferma da alma que sofre de inanição espiritual por falta de se alimentar diariamente das escrituras sagradas.

No livro de Oséias 4:6 está escrito: O meu povo foi destruído, porque lhe faltou o conhecimento; porque tu rejeitaste o conhecimento, também eu te rejeitarei, para que não sejas sacerdote diante de mim; e, visto que te esqueceste da lei do teu Deus, também eu me esquecerei de teus filhos.


O texto está bem claro ao afirmar que o motivo era a falta de conhecimento que o povo tinha, pois se esqueceram da lei de Deus.

E é exatamente este o motivo que ao mesmo tempo vemos o movimento evangélico crescendo assustadoramente no Brasil e não vemos nenhuma mudança significativa nas pessoas, a cada dia mais e mais as pessoas se afundam em pecados e em maldade, sem se importarem com o próximo ao mesmo tempo em que o movimento evangélico cresce.

Se o problema está na falta de conhecimento não adianta nada se investir em nada além de conhecimento.

Podemos fazer milhares de campanhas de orações, muitos e muitos louvores, jejuns intermináveis e o problema permanecera o mesmo, pois a raiz do mal é a falta de conhecimento e não outra coisa.

Se este problema estivesse apenas na vida de pessoas recém-convertidas seria de certa forma algo normal, pois para se adquirir conhecimento é necessário tempo e dedicaçao, mas infelizmente a realidade demonstra que este mal está na vida de pessoas que possuem certa maturidade religiosa, não são neófitos da fé, mas sim experientes na ‘arte” de não praticarem as escrituras.

São Lideres congregacionais, ministros de louvor, professores, jovens, adultos e idosos que há muitos anos reconheceram o senhorio de Cristo em suas vidas, mas que por algum motivo banal não reconhecem a autoridade das escrituras.

Em uma de suas cartas Paulo Aconselha Timóteo da seguinte forma:

Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça; 2 Timóteo 3:16

Não precisamos nos esforçar muito para tomarmos decisões em nossa vida diária, nem esperarmos que do alto venha um anjo para nos dizer qual caminho devemos seguir, Deus nos deu as escrituras para nos ensinar, devemos fazer uso delas nessas decisões da vida.

Em todas as situações da vida é nela que devemos procurar oque fazer, e como fazer, e quando fazer, e porque fazer tal coisa, e tomar tal atitude.

Isto demonstra que realmente acreditamos na autoridade das sagradas escrituras, e que cremos profundamente na sabedoria de Deus.

Pois toda vez que preferimos tomar uma determinada atitude diferente da qual a bíblia nos ensina estamos com nossa atitude declarando que não cremos verdadeiramente em Deus, Que não cremos nas escrituras, que não cremos na sabedoria do todo poderoso, estamos declarando que somos mais sábios do que o nosso criador e que não precisamos de Deus para guiar nossas vidas.

Toda vez que tomamos qualquer atitude assim corremos um serio risco de estar espalhando mentiras e fazendo com que outras pessoas pequem pois a partir do momento que declaramos sermos servos de Deus, o mundo começa nos enxergar como um espelho refletindo tanto coisas boas ou coisas ruins.

E nossas atitudes passam a ser o exemplo que outras pessoas iram seguir, e acabamos sendo responsáveis não apenas por nossas atitudes erradas mas sim pela atitude de outras pessoas tem ao se espelharem em nossas atitudes.

Devemos ser um espelho vivo que transmite apenas os ensinamentos bíblicos, para que o mundo enxergue em nossas atitudes a pessoa de Cristo, e assim aquilo que vivemos seja o maior testemunho , e o único exemplo a ser seguido.

Uma formula que acredito ser importante para sabermos se as nossas atitudes são corretas ,e se a atitude que vamos tomar é a certa a ser tomada, é nos perguntarmos se esta atitude pode servir de exemplo para os demais.

Se esta atitude pode ser vista nas escrituras como uma atitude digna de um verdadeiro seguidor de Jesus, se esta atitude pode ser usada como um bom exemplo a ser pregado para os outros em uma pregação por exemplo.

Se esta atitude não é a mesma atitude que aqueles que não tem o messias como seu senhor tomariam, se esta atitude esta realmente amparada pela bíblia.

Perguntas como estas devem estar sempre na mente de qualquer pessoa que se diz ser um discípulo do messias, pois somos chamados para sermos a luz do mundo e o sal da terra, e não para envergonharmos o evangelho de Cristo.

Que o nosso Bom Deus nos ajude todos os dias a seguir as escrituras diariamente e a sermos exemplos a serem seguidos, para que a nossa vida seja o melhor testemunho de que realmente acreditamos em Cristo.

Eduardo Elias da silva

2 comentários:

  1. Amado irmão, seu artigo está perfeito, pois aborda essa questão em todas as esferas. Comungo com o seu pensamento e, há um desejo muito grande no meu coração que ao menos os nossos líderes saiam desta proscrição mental na qual o povo de Deus se encontra. Precisamos abrir um fórum para debater esse assunto com os jovens da nossa igreja.

    ResponderExcluir